Atualizações do Twitter

Parceiros

  • Qualifico - Ensino em Tecnologia

Divulgue essa Ideia

Coloque nosso banner em seu Site.

  • RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

 

 

E se suas músicas e imagens preferidas, documentos que você mais atualiza no trabalho, na faculdade e em casa estivessem a um clique de distância? Se ao invés de ficar mandando para si mesmo arquivos por e-mail, ou salvando-os em pen drive ou no HD externo, você pudesse apenas arrastá-los para uma simpática caixinha azul, ia ou não ia ser o máximo? Pois bem, graças ao Dropbox e ao poder da computação em nuvem, isso é possível. E o melhor de tudo: é de graça.

O Dropbox, como o próprio se apresenta no site www.dropbox.com, “é um serviço que deixa você carregar suas fotos, documentos e vídeos para qualquer lugar, e compartilhá-los facilmente. Qualquer arquivo que você salva no seu Dropbox irá automaticamente ficar salvo em todos os seus computadores, no seu smartphone ou tablet e no site do Dropbox. O Dropbox também facilita o compartilhamento com os outros. E se o seu computador derrete, você pode restaurar todos os seus arquivos do site do Dropbox com alguns cliques“. Parece fácil, não? E é.

Para começar a usar o serviço basta criar uma conta no site e fazer o download que instala o programa no seu computador, seja ele Windows, Mac, Linux ou um dispositivo móvel tal qual um smartphone ou um tablet. Nos smartphones, o Dropbox está disponível nas principais plataformas, iPhone (iOS), Android e BlackBerry, e tal qual no computador, permite a edição dos arquivos. Existe, inclusive, uma versão para desenvolvedores, o API Dropbox, que permite que aqueles que entendem de programação tenham uma melhor experiência com o software. Em todo aparelho que você desejar ter acesso a sua conta do Dropbox é necessário instalar o software, ou um aplicativo no caso dos móveis.

Assim que cria uma conta, o usuário recebe 2GB de espaço, o equivalente a muito pen drive que tem por aí. Por US$ 9,99 (cerca de R$ 16,00) por mês, o usuário pode ter 50 GB de espaço na nuvem e, por US$ 19,99 (cerca de R$ 32,00), 100 GB. E como funciona? Se você começar a escrever em um documento no trabalho e decidir terminá-lo em casa, basta salvá-lo em sua pasta no Dropbox. Quando você acessar a pasta do Dropbox que tem em seu computador pessoal, ela sincronizará com a “nuvem” e em poucos minutos você terá aquele mesmo arquivo do trabalho na sua casa. Para facilitar a sincronização de todos os dispositivos com Dropbox, o serviço atualiza apenas o arquivo que foi modificado.

Além disso, o Dropbox permite que o usuário compartilhe pastas com outros usuários do serviço. Outra forma de dividir documentos, músicas ou vídeos é através da pasta pública, por meio da qual você cria um link de visualização ou de download dos arquivos ou pastas que deseja passar a diante. Desta forma, você pode compartilhar algo do Dropbox em redes sociais tal qual o Facebook, o Twitter, e etc. Como todo o serviço na nuvem, o Dropbox desperta desconfiança de muitas pessoas que estão acostumadas a guardar seus arquivos mais importantes em casa ou no trabalho, e até no backup. Para garantir a segurança dos arquivos, o Dropbox mantém um histórico de um mês das suas atividades, das alterações feitas pelo usuário e que estes recuperem arquivos deletados por engano. Toda a transmissão de dados de arquivos ocorre por um canal criptografado (SSL) e são armazenados criptografados (AES-256).

Recentemente, o Dropbox fez uma alteração no seu Termos de Serviço (TOS, na sigla em inglês) que despertou a desconfiança de muitos usuários. O “juridiquês” do texto, como o blog do serviço explica, fez com que seus clientes achassem que o site teria o direito de “usar, copiar, distribuir, realizar trabalhos derivativos (…) ou tornar públicos” segundo o site Slashgear. Na verdade, o que o Dropbox queria dizer – e disse depois em seu post atualizado – é que pede permissão dos usuários para utilizar seus arquivos da maneira que o próprio usuário define. No Dropbox, existe a opção de transferir arquivos para um diretório Público, que facilita o compartilhamento dos arquivos com outros usuários através de um link para visualização ou download, mas só o cliente pode decidir o que será público.

Mais sobre o Dropbox

O Dropbox foi fundado em 2007 e lançado em setembro de 2008 por Drew Houston and Arash Ferdowsi, dois estudantes do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (Massachusetts Institute of Technology, ou MIT na sigla em inglês). A empresa conta com cerca de 50 funcionários e está baseada em San Francisco, na Califórnia. Atualmente, o Dropbox está disponível em cinco línguas: Inglês, Alemão, Espanhol, Francês e Japonês e possui mais de 25 milhões de usuários registrados, que salvam mais de um megabit a cada cinco minutos e 200 mega por dia. Siga o Dropbox no Twitter @dropbox e no Facebook http://www.facebook.com/Dropbox.

Via: Terra

Compartilhe:

3 respostas

  1. [...] Dropbox Gostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar disso. Arquivado em Uncategorized ← Web 2.0. e os ambientes virtuais de aprendizagem [...]

  2. [...] quem não conhece o dropbox – O que é o Dropbox e para quê serve? Gostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar disso. Arquivado em Uncategorized ← [...]

  3. [...] quem não conhece o dropbox – O que é o Dropbox e para quê serve? Gostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar disso. Arquivado em Uncategorized [...]

Você precisa estar logado no Be-a-Byte para postar um comentário.